O que fazer em Genebra – Roteiro para visitar as principais atrações

Post:
Compartilhe:

Genebra foi a primeira cidade na Suíça que visitei e já fiquei encantada. Ela fica na parte sul, rodeada pelas montanhas dos Alpes. Conhecida como a “menor metrópole do mundo”, ela oferece um série de atrações e atividades e 1 dia é muito pouco tempo para percorrer a cidade! Porém, como é pequena, você consegue ter uma boa ideia de suas qualidades, conhecer as principais atrações e ir embora com a vontade de voltar – pois é assim que eu já estou me sentindo, com muita vontade de voltar!

O que fazer em Genebra – Um Roteiro para visitar as principais atrações 

Genebra é conhecida como a Capital da Paz, já que instituições como a ONU, a  Cruz Vermelha e a Organização Mundial da Saúde ficam lá. Por outro lado, a cidade tem também uma forte cena gastronômica (com vários restaurantes estrelados), inúmeros espaços culturais e ainda faz a alegria de quem gosta de compras, em especial de artigos de luxo.

Veja Sem Medo | Preços para sua hospedagem em Genebra.

A cidade na Suíça fica na parte sul do vasto Lago Léman (Lago de Genebra), rodeada pelas montanhas dos Alpes e do Jura, a cidade tem vista para o impressionante Mont Blanc.

Place des Nations – sede europeia da ONU (Nações Unidas).

Se você estiver hospedado na parte antiga de Genebra, pegue o tram 15 para a primeira visita – uma das principais atrações turísticas – a incrível Sede das Nações Unidas e da Cruz Vermelha na Europa. Esse é um centro diplomático e financeiro global. É possível fazer uma visita guiada ao seu interior com duração de 1 hora. 

Confira ingressos e passeios em Genebra que poderá comprar com antecedência | Sem Medo

Em frente a Sede das Nações Unidas está um destaque bem interessante do famoso Broken Chair, uma escultura enorme de uma cadeira, mas com só 3 pés inteiros e 1 quebrado. Esta obra é do famoso artista Suíço Daniel Besset, feita em 1997, representando um protesto contra as minas terrestres utilizadas em algumas guerras. Inicialmente, a ideia era ela ficar ali apenas por alguns meses, mas o sucesso dela foi tão grande que está lá até hoje.

Caminhe pelo Parc des Nations e depois siga pela Avenue de La Paix para visitar o Museu da Cruz Vermelha (Museé Internationale de la Croix-Rouge et du Croissant-Rouge), instituição que presta atendimento humanitário às vítimas de guerra.

A Europa faz parte do tratado de Schengen, logo, é obrigatório o uso do seguro viagem, com apólice de mínimo 30 mil Euros.
Solicite uma cotação conosco – leitor do blog tem desconto!!
Seguros Promo

Pertinho do Parc des Nation você encontrará o Museu Ariana. Situado no parque do mesmo nome em Genebra, é o museu Suíço da cerâmica e do vidro.

Parque dos Bastiões

Conhecido só como Les Bastions, o acesso ao parque faz-se pela Praça Nova aos pés das muralha erigidas no século XV, que foi ao princípio conhecido por o passeio dos Bastiões. Ao ar livre você encontra diversas peças de dominó e xadrez, onde as pessoas passam o tempo jogando e se divertindo.

Depois de visitar Genebra, que tal alugar um carro e viajar sem medo em direção a Zurique conhecendo diversos lugares incríveis da Suíça, como eu fiz? Super econômico e o visual é incrível!!

Muro dos Reformadores

Dentro do mesmo parque acima fica o Muro dos Reformadores ou Muro da Reformação. Ele é frequentemente confundido com o Museu Internacional da Reforma Protestante de Genebra.

Confira minha experiência no Ibis Genève Centre Nations, em Genebra. Um hotel com excelente localização.

Casa Tavel

A Casa Tavel encontra-se na cidade velha e é o mais antigo edifício da Idade Média por lá. Faz parte do conjunto do Museu de Arte e História de Genebra. O acesso é gratuito, não paga nada para entrar, e vale super a pena a visitação.

A Casa foi pertencente a uma família importante da idade média, a família Tavel. Em 1334, após um incêndio que destruiu metade da cidade de Genebra, foi habitada por burgueses que restauraram o imóvel anos depois e deixaram seus vestígios. Em 1950 a casa foi vendida para a cidade, a restauração durou alguns anos. Depois, em outubro de 1986, foi aberta ao público e assim classificada como monumento histórico.

L’horloge fleurie

Esse lugar é lindíssimo, vale super a pena visitar. L’horloge fleurie, ou o relógio de flores, é um relógio de flores ao ar livre localizado no lado oeste do parque Jardin Anglais. Cerca de 6.500 plantas e arbustos são usados ​​para o relógio, as plantas são alteradas conforme as estações mudam.

Atrações imperdíveis de Genebra que você pode fechar pelo Viajando Sem Medo:

Jet d’Eau

O Jet d’Eau é uma grande fonte acessível a partir do quai Gustave Ador. O tempo não estava ajudando muito, chuvoso, fechado, mas é um dos mais famosos marcos da cidade e eu queria ver de pertinho… É apresentado no site oficial de turismo da cidade na web e no logotipo oficial de Genebra de hospedagem de 2008 UEFA Championships. É também uma das maiores fontes do mundo.

Em frente ao Jet d’Eau tem uma lojinha lindíssima de souvenir, excelente para comprar lembranças da cidade.

Confira o vídeo de como foi nossa experiência visitando as principais atrações de Genebra

 

Não esqueça das dicas sem medo.

Reserve o seu Hotel no nosso parceiro Booking


Não deixe de fazer o seu seguro viagem e viaje tranquilo.
Utilizando o nosso código promocional (VIAJANDOSEMMEDO5), você ganha 5% de desconto.


Fique conectado em toda sua viagem com Chip Internacional.
Adquira o seu e tenha internet ilimitada em sua viagem.

Alugue um carro pela RentCars e faça seu próprio roteiro da sua viagem.
A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um desconto de 5% no boleto bancário.

Está sem mala para viajar? Com Aluguel de malas da GetMalas você não precisa se preocupar com nada, a mala chega na sua casa limpa dias antes da sua viagem.

Postado por:
Olá! Eu sou Rafaella Machado. Sou apaixonada por fotos e viagens. São muitas histórias e desafios para contar, porque eu Viajo Sem Medo! Vem com a gente se você ama desafios.
Deixe seu comentário


JÁ ME SEGUE NO INSTA? @viajandosemmedo