Trekking em Ushuaia | Subindo o Glaciar Martial

Post:
Compartilhe:

Quem segue as redes sociais, acompanhou durante o carnaval nossa visita à cidade do fim do mundo, em Ushuaia. Nesse post vamos falar um pouco dela e sobre a incrível experiencia de fazer um Trekking no verão, subindo o Glaciar Martial. 

Como não foi minha primeira vez em Ushuaia, estava bem ansiosa para voltar na região depois de cinco anos. Quem nos levou e acompanhou a gente em todo o percurso até o Glaciar foi a equipe da Brasileiros em Ushuaia, uma empresa com receptivos brasileiros que fazem diversos passeios pela região. 

A última vez que estive em Ushuaia foi em 2013, e de lá para cá, muita coisa mudou. A cidade cresceu bastante e visitar a região em épocas diferentes valeu super a pena. Em 2013 fui em Julho, no auge do inverno, e agora estava no verão. Consegui fazer passeios incríveis, que no inverno não estão disponíveis. Estivemos em Ushuaia durante cinco dias e decidimos por três dias conhecer a cidade, e nos outros dois fazer alguns passeios escolhidos por nós e pela agência Brasileiros em Ushuaia.

Onde se hospedar em Ushuaia

Um dos passeios que fiz com a Agência Brasileiros em Ushuaia foi o “MEGA TOUR VERÃO”. Esse passeio foi excelente e durou o dia todo, com saída as 8h da manhã do hotel. Fomos em direção ao Parque Nacional Tierra del Fuego (Parque Nacional Fim do Mundo), com paisagens deslumbrantes e fomos conhecendo um pouco mais da história de Ushuaia.

Quem tem interesse, pode fazer o passeio de Trem do Fim do Mundo, que é opcional, mas é claro que vale super a pena o passeio de trem. O passeio de trem tem duração de 1h por dentro do parque e rende fotos belíssimas da região.

A próxima parada com a van é para conhecer a linda Playa Larga e o Correio do Fim do Mundo. Lá é possível carimbar os passaportes com a marca do “Fim do Mundo” e até enviar um postal para amigos e familiares (o correio é aberto apenas no verão). O preço para carimbar o passaporte é de 200 pesos. Próxima parada Lago Roca, já na fronteira com o Chile. Ali, fizemos uma trilha curta conhecendo mais sobre a vegetação e fauna da Tierra del Fuego.

Na próxima parada conhecemos o centro de visitantes Alakush, onde se encontra o museu dos antigos indígenas da ilha, além de um ótima lanchonete. Sem contar com a maravilhosa vista panorâmica do Cerro Condor e do rio Lapataia.

Todo o trajeto é feito com uma guia. Fomos com a guia Paola. Ela é excelente! Super alto astral, deixando todos a vontade para conhecer bem a região e tirando todas as dúvidas.

Continuamos nosso passeio em direção a Bahía Lapataia, de onde podemos ver um trecho do Canal Beagle, com lindos bosques. Outro lugar perfeito que rende fotos maravilhosas! Nesse lugar, encontra-se o fim da Ruta 3, a estrada que alcança o ponto mais ao sul do planeta.
Um ótimo lugar para ser considerado “O Fim do Mundo”!

Próxima parada sairemos do Parque Nacional e iremos em direção à cidade de Ushuaia para um almoço no restaurante Andino Gourmet com tudo incluído.  Após o almoço, damos continuidade ao nosso passeio seguindo em direção ao famoso Glaciar Martial, que as agências chamam de Ice Trekking. O Glaciar fica a 8km do centro da cidade e conta com uma estrutura para receber os turistas bem diferentes do Cerro Castor, um pouco precário. Durante o inverno, o Glaciar é transformado em uma estação de esqui. No verão e primavera, o passeio mais famoso é o trekking para avistar o Glaciar que fica no alto do Cerro. Antigamente existia um teleférico que levava as pessoas até ao Cerro, mas hoje esta abandonado e desativado. Há rumores que vai voltar a funcionar em julho de 2020.


Antes da subida, aos pés da montanha, existem umas casinhas de restaurantes e lojinhas, a Villa de Montaña e a Casa de Té, que é uma cafeteria linda onde turistas que não querem participar do trekking ficam ali aproveitando para descansar. 

A cada subida um desafio é disponibilizado para cada um, com um bastão para apoio, excelente pois por aqui não temos muito condicionamento físico rs. Mas, que valeu super a pena. Cada trecho dura 1h, 1h30 no máximo, são mil metros acima.


Seguros Promo

Muitas pessoas desistiam no meio do caminho, mas a minha ansiedade era enorme de chegar para conhecer o Glaciar, por isso, fui bem devagar. A guia era super atenciosa, perguntava se precisávamos de alguma coisa, se estávamos bem para continuar. Esse passeio é bem diferente do trekking para a Laguna Esmeralda, cuja trilha é longa e a sinalização é feita discretamente nas árvores, o trecho do Cerro é bem mais simples, acontece bem ao lado de uma corredeira de água. É só seguir lado a lado.

Vi alguns casais e famílias subindo o Cerro por conta própria. Não tem muito erro, mas não tem muita indicação e setas. Não existe segredo durante o percurso, pois realmente é só subir morro acima, mas acho que vale mais a pena contratar o passeio pela agência para ter mais segurança e por fazer as outras grandes variedades de passeios. O caminho não tem tantas paisagens bonitas. O ponto alto é, sem dúvida, a chegada ao topo, de onde você vê o Glaciar que desce sobre as encostas do Cerro e oferece uma vista panorâmica da cidade e do porto. Aí sim, a paisagem é incrível. Valeu super a pena!!!!

A volta do trekking é mais fácil, pois uma parte dela é feita por um caminho mais tradicional que conta até com escada e corrimão. Achei mais tranquila a descida. Uma outra dica super importante é não esquecer de fazer seu seguro viagem. Vimos um acidente acontecer com uma moça que estava no nosso grupo. Ela torceu o pé na descida da trilha, na mesma hora foi atendida por médicos que estavam conosco e ficou tudo bem! Mas ela não havia feito o seguro viagem e ficou super preocupada com a viagem toda, então, é super importante nesses casos você ter um seguro viagem pois qualquer coisa que aconteça você terá cobertura. 

Ao retornarmos a cidade, seguimos direto para o Ice Bar, onde também se encontra um pequeno museu da Antártica. O bar de gelo oferece uma roupa especial devido à baixa temperatura, e ali permanecemos cerca de 20 minutos provando os drinks que estão inclusos no valor de entrada. Outro lugar legal para você conhecer que está incluído em todo o Mega Tour Verão.



Condições Climáticas

Ushuaia está localizada muito próxima ao Polo Sul do planeta, sofrendo bastante com temperaturas. Quem deseja visitar Ushuaia, precisa saber que a temperatura é bastante instável por lá. Não é preciso estar no inverno para nevar, nem verão para fazer calor. A cidade pode amanhecer branquinha e os seus passeios podem ficar suspensos, então, é sempre bom conferir antecipadamente com a agência.

Conheçam todos os passeios de verão em Ushuaia.

Um dos passeios mais atrativos e procurados na região é a navegação pelo Canal de Beagle, mas muitas vezes é adiado pelas condições climáticas. Os trekkings também ficam disponíveis ou não por conta do clima e muitos deles não são oferecidos durante o inverno por conta da segurança aos visitantes. Em contra-partida, outras atrações começam a funcionar no inverno, como as pistas de Ski do Cerro Castor, patinação no gelo, trenós e inúmeras outras atividades próprias do inverno são oferecidas.

Vale a pena fazer o Trekking?

Sim, eu gostei bastante! Embora eu não tenha condicionamento físico e quase morri, rs. O Visual do Glaciar é muito bonito, valeu super a pena. E a vista da cidade é incrível.

Outra dica importante é que não precisa levar mochila, pode deixar no carro da Agência, pois tem subidas e vamos nos cansar a toa. Mas, não esqueçam da água. Por mais que esteja frio, você vai precisar. E aproveite a experiência! Vá sem medo!

Não esqueça das dicas sem medo.

Reserve o seu Hotel no nosso parceiro Booking


Não deixe de fazer o seu seguro viagem e viaje tranquilo.
Utilizando o nosso código promocional (VIAJANDOSEMMEDO5), você ganha 5% de desconto.


Fique conectado em toda sua viagem com Chip Internacional.
Adquira o seu e tenha internet ilimitada em sua viagem.

Alugue um carro pela RentCars e faça seu próprio roteiro da sua viagem.
A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um desconto de 5% no boleto bancário.

Está sem mala para viajar? Com Aluguel de malas da GetMalas você não precisa se preocupar com nada, a mala chega na sua casa limpa dias antes da sua viagem.

Postado por:
Olá! Eu sou Rafaella Machado. Sou apaixonada por fotos e viagens. São muitas histórias e desafios para contar, porque eu Viajo Sem Medo! Vem com a gente se você ama desafios.
Deixe seu comentário